Skip to Main content Skip to Navigation
Journal articles

O conceito de liberdade e suas implicações políticas. Notas sobre Sidney, Locke e a tradição republicana

Résumé : Neste artigo o autor relaciona os pensamentos políticos de Locke e Sidney para defender que Locke não pode ser inserido na tradição republicana da qual os escritos de Sidney fazem parte. Isto porque: 1) inexiste na teoria política lockeana uma visão de que a virtude cívica seja o suporte para instituições livres, tal como existe na referida tradição evocada por Sidney; 2) Locke reconhece o fundamento constitucional da prerrogativa do rei, o que para os republicanos, Sidney entre eles, é incompatível com a liberdade; 3) Locke retrata um povo excessivamente cordato e permissivo com o uso do poder por parte do governante, e também pouco disposto ao exercício do direito de resistência. Diferentemente, Sidney recorre à história para defender que os povos livres revelam as qualidades necessárias para conduzir essa resistência, já que o reconhecimento de que o governo de si mesmo e a resistência à tirania é uma questão de dignidade do homem como ser de liberdade.
Document type :
Journal articles
Complete list of metadatas

Cited literature [10 references]  Display  Hide  Download

https://hal-normandie-univ.archives-ouvertes.fr/hal-01915698
Contributor : Christopher Hamel <>
Submitted on : Thursday, February 14, 2019 - 10:53:20 PM
Last modification on : Tuesday, February 26, 2019 - 9:20:36 PM
Long-term archiving on: : Wednesday, May 15, 2019 - 7:16:25 PM

File

144129-Texto do artigo-298531-...
Publication funded by an institution

Identifiers

  • HAL Id : hal-01915698, version 1

Collections

Citation

Christopher Hamel. O conceito de liberdade e suas implicações políticas. Notas sobre Sidney, Locke e a tradição republicana. Cadernos Espinosanos, 2018, pp.127-150. ⟨hal-01915698⟩

Share

Metrics

Record views

32

Files downloads

28